quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

#102- Uma Janela em Copacabana- Luiz Alfredo Garcia-Roza

Gênero: romance policial, suspense.


Um pouco sobre o autor:
Luiz é um excelente autor, sua primeira obra de ficção "O Silêncio da Chuva (1996)" lhe rendeu os prêmios Nestlé da literatura e Jabuti na categoria romance. Já foi professor Universitário e escreveu muitos livros sobre psicanálise. Agora vem se dedicando mais à ficção.




Sinopse:
Uma Janela em Copacabana é, na verdade, uma continuação de acontecimentos da vida de uma mesma pessoa: Espinosa. Depois desse livro e antes dele, existem outros que dizem serem tão bons quanto esse.
Três policiais foram assassinados; ninguém viu nem ouviu nada. Todos tinham uma vida aparentemente neutra. O delegado Espinosa e sua equipe começam a ligar os fatos às hipóteses e montam uma equipe secreta, mas, a lista de assassinados cresce, o que acaba exigindo mais e mais respostas. Entre tantos mistérios, o delegado vive alguns romances e tenta não se misturar com a corrupção que é o sistema policial do Estado do Rio de Janeiro.

Resenha:

Espinosa é um delegado sossegado e sem nenhum tipo de anormalidade em seu cotidiano, apesar de registrar e investigar crimes e mais crimes todos os dias. Ele já foi casado, mas agora vive sozinho, só fica alegre - ou menos cabisbaixo - quando Irene, sua "namorada" o visita. Os dois mantêm um relacionamento bem liberal: não oficializam nada, saem com quem querem e, ainda continuam se encontrando.
As mortes dos policiais, inicialmente não indicam nada, mas depois Espinosa começa a ligar os fatos e por um bom tempo, supõe que as mortes estariam relacionadas à corrupção. Como três policiais seriam mortos em lugares e dias diferentes e, ninguém viu, ouviu nem sabe de nada?! 
O delegado se apaixona por três mulheres: Irene, a qual já mantinha um relacionamento, Celeste, amante de um dos policiais mortos e Serene, uma testemunha muito bonita e atraente, que depois acaba se tornando vítima de estranhas ameaças, mas não ameaças declaradas, o que dá um suspense maior na história. 
Ao longo da história, Espinosa acumula um total de seis assassinatos sem resposta, três romances e suspenses. 
É um bom livro de romance policial, mas acho que o final foi meio injusto, principalmente com a pessoa que ajudou tanto como Serene (rs).

Não esqueçam de comentar a resenha e de mandar sugestões!
Bjs!!!

Um comentário:

  1. Fica o convite para conhecer o Clube do Crime, página dedicada ao catálogo policial da Companhia das Letras!

    Site: http://www.clubedocrime.com.br/
    Facebook: https://www.facebook.com/clubedocrime

    ResponderExcluir